Como criar uma Calopsita em casa

A calopsita é uma ave doméstica muito conhecida. Ela é marcante por seu topete e também por ser uma ave companheira, divertida e inteligente. Além disso, ela tem facilidade em aprender truques e até mesmo reproduzir a fala humana. Mas para que tudo isso seja possível, é necessário entender a calopsita para cria-la da maneira correta.


É comum ver e ouvir falar de calopsitas que passam boa parte do dia no ombro de seus tutores. E, sim, é possível que a ave viva de outro jeito, criando ela solta. Contudo, elas precisam de um local seguro para descansar, que pode ser um viveiro ou uma gaiola. Em geral, recomenda-se o uso de gaiolas de arame galvanizado, grande o suficiente para que a ave possa abrir e bater as asas com folga. Já que, apesar de entender como criar calopsita solta e permitir que ela voe por aí, ela também precisará de um tempo em seu viveiro, por isso, ele deve ser um local seguro e confortável. Nesse sentido, lembre-se de que você ainda deverá equipar a gaiola com outros acessórios, como comedouro, poleiros e outros brinquedos. Vale a pena investir no viveiro que seu orçamento e espaço permitirem. Lembre-se de que é ali que a ave passará a maior parte do tempo.

Calopsitas são pets muito sociáveis que gostam da companhia de seus tutores. Por isso, não costuma ser recomendado deixar a ave num cômodo muito isolado. Por outro lado, não é indicado colocar a gaiola num local muito movimentado. Isso pode estressar a calopsita. O ideal é que a gaiola fique num lugar tranquilo, com claridade e longe de correntes de vento, elas podem causar problemas respiratórios e são as principais responsáveis por doenças em aves. Por isso, é importante estar atento ao ambiente na hora de entender como criar uma calopsita. Ah! Em tempo, nunca coloque o viveiro de nenhuma ave na cozinha. Além da movimentação desse ambiente que pode deixar o pet estressado, algumas panelas, como as de teflon, liberam substâncias tóxicas para as aves.

Uma vez escolhida a gaiola e o local onde colocá-la, não deixe de equipá-la com alguns acessórios. Entre os itens essenciais para a calopsita, estão: comedouro, bebedouro, poleiros e alguns brinquedos. Na hora de escolher os materiais, tenha em mente que essas aves são psitacídeos. Logo, possuem um bico forte e gostam muito de roer as coisas. Portanto, no caso de bebedouros e comedouros, dê preferência aos modelos de porcelana ou de barro. Além de manter a água mais fresquinha, eles são mais resistentes às bicadas dos pets.

Limpe a gaiola da calopsita diariamente para remover alimentos não consumidos e dejetos. Uma gaiola suja contribui para doenças respiratórias, entre outros problemas. Se possível, procure limpar os poleiros enquanto os dejetos ainda estão frescos. Do contrário, eles secarão, exigindo remoção por meio de raspagem.

Esperamos que você tenha gostado de aprender mais sobre como criar uma calopsita! Continue acompanhando o blog e as redes sociais da Agroverde para mais dicas de como cuidar dos seus pets favoritos. E, se precisar de alguma coisa, é só visitar nossa loja on-line ou correr para a unidade mais próxima a você.

4 visualizações

1/3

2019 @ Todos os direitos reservados à integrando.se. Proibida a reprodução sem autorização.

Agroverde Sr Com Rações e Prod Vet Ltda. CNPJ: 71.834.089/0001-30 I.E: 653.033.549.117

Av Antonio Dias Bastos nº476 Centro - São Roque/SP Cep: 18130-350

Telefone: 0800 015 1304