Saiba tudo sobre, o Coronavírus, os cachorros e os demais pets

O coronavírus (COVID-19) é o assunto do momento, e apesar de de ser decretado como pandemia pela OMS, não é uma das piores doenças da sociedade nas últimas décadas. Porém tem uma velocidade muito grande de contágio, e já se alastrou rapidamente para os 5 continentes e está assustando muita gente. O surto começou na China e não se sabe bem sobre a origem, apenas boatos.

Ainda é cedo para dar um sinal de diminuição do vírus, mas, felizmente agora em março de 2020, o número dos novos pacientes começou a cair, e o país, pela primeira vez desde então, deixou de concentrar a maioria dos novos casos que surgem todos os dias. Apesar de que nos outros países o coronavirus ainda esta em fase de propagação.

Em humanos a taxa de letalidade da doença provocada pelo novo coronavírus é estimada em 2,3%. Ou seja, a cada 100 pessoas que contraem o vírus, em média, pouco mais de duas morrem. Bastante quando comparada à taxa de mortalidade da gripe comum, que é de menos de 0,1%. Mas é pouco quando comparamos, por exemplo, com a Sars, doença ligada a outro coronavírus que surgiu na China em 2002, que registrou taxa de mortalidade de cerca de 10% em humanos.


Cachorros, gatos e pets podem se infectar e transmitir a doença?



Não há qualquer evidência científica que os cachorros, nosso melhor amigo,  os gatos domésticos e outros animais de estimação possam transmitir o novo coronavírus para humanos ou mesmo entre os animais, afirmou a uma entrevista à BBC  a secretária de Saúde de Hong Kong, Sophia Chan.

Este comunicado ocorreu logo após da notícia de que o cachorro de uma pessoa infectada com o vírus foi examinado e recebeu um diagnóstico "positivo", mas "fraco".

O cachorro, da raça Lulu da Pomerânia, está em quarentena sob observação e passará por novos exames. O animal não apresentou sintomas.

Segundo a Science Mag, “o vírus se espalha de humanos para humanos. No momento, não há pesquisas para apoiar a disseminação humano a animal. Amostras do cão de Hong Kong tinham um pequeno número de partículas virais presentes. Em um animal sem sinais clínicos de doença, é difícil dizer o que isso significa. Foi um caso único e aprendemos que precisamos fazer muito mais pesquisas sobre o potencial do vírus humano para infectar animais.

Dito isto, animal de estimação é mamífero. Eles têm muitos dos mesmos tipos de receptores em suas células que nós. Assim, o vírus poderia teoricamente se ligar a esses receptores. Mas ele entrará em suas células e se replicar? Provavelmente não.”


Os Pets infectam humanos?

Se os animais de estimação puderem ser infectados, e não sabemos se podem, sim, eles poderão servir como um reservatório. E, nesse caso, precisamos lidar com eles da mesma maneira que lidamos com casos humanos. Precisamos descobrir como tratá-los. Como hospitais humanos, os hospitais veterinários teriam que estar preparados para um aumento no número de casos.


5 medidas que você deve ter cuidado com o seu cachorro ou Pet: 1- Limite o contato com seus animais de estimação; 2- Lave as mãos ao alimentá-los; 3- Não deixe que elas lambam sua mão ou seu rosto;

4 -Tenha comida extra para os pets em casa, caso você pegue o virus e fique em quarentena; 5- Evite passeios com o seu pet em lugares movimentados neste momento de expansão no Brasil do Coronavírus

O  coronavírus Surgiu em animais ? A hipótese mais provável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é que a epidemia começou em um mercado da cidade chinesa de Wuhan e foi transmitida de um animal vivo para um hospedeiro humano, antes de se espalhar de humano para humano.

Segundo a matéria da BBC, desvendar a sequência de eventos é um "trabalho de detetive", diz à BBC o professor Andrew Cunningham, da Zoological Society of London, no Reino Unido.

Uma grande variedade de animais pode ter servido como "hospedeiro" do vírus, especialmente o morcego, conhecido por ser portador de um número considerável de coronavírus diferentes.


Dados sobre letalidade do vírus:

Com base em dados de 44 mil pacientes infectados pelo novo coronavírus, a Organização Mundial da Saúde informa que:

  1. 81% desenvolvem sintomas leves;

  2. 14% desenvolvem sintomas graves;

  3. 5% ficam em estado crítico;

  4. Não foram registradas mortes de crianças de até 9 anos.

O infectologista Luis Fernando Aranha Camargo, do Hospital Israelita Albert Einstein, ressalta, no entanto, que não se sabe ainda a respeito da sobrevida desses pacientes, o que vai acontecer a longo prazo. Por isso, não é possível ainda fazer afirmações categóricas sobre os pacientes recuperados.

5 medidas que você deve tomar com o coronavírus: Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel; Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir; Evite aglomerações se estiver doente;

Mantenha os ambientes bem ventilados; Não compartilhe objetos pessoais. Nesses tempos de Coronavirus, tenha por precaução um pouco mais de ração para o seu Pet:

Para os cães: https://www.agroverdesr.com.br/caes/alimentacao

Para os gatos: https://www.agroverdesr.com.br/gatos/alimentacao

Os melhores produtos para o seu Pet é na Agroverde!


0 visualização

1/3

2019 @ Todos os direitos reservados à integrando.se. Proibida a reprodução sem autorização.

Agroverde Sr Com Rações e Prod Vet Ltda. CNPJ: 71.834.089/0001-30 I.E: 653.033.549.117

Av Antonio Dias Bastos nº476 Centro - São Roque/SP Cep: 18130-350

Telefone: 0800 015 1304